Política de cotas para população negra e discriminação reversa

  • Sandra de Mello Carneiro Miranda Universitário de Barra Mansa
Palavras-chave: cotas; população negra; discriminação reversa; ações afirmativas; direito de igualdade

Resumo

A política de cotas para população negra é algo que gera muitas controvérsias. Sob o âmbito jurídico, em especial, argumenta-se que essas ações ofendem o direito de igualdade gerando uma discriminação reversa, pois ao beneficiar um segmento da população na distribuição de cargos e vagas, esses benefícios ficariam subtraídos do alcance dos não beneficiados. A fim de contribuir para o debate da legitimidade de tais ações afirmativas, este trabalho analisa quatro condições indicadas por BRANCO (2003) para a implantação dessas ações, utilizando-se de dados estatísticos, bem como de informações históricas sobre a escravidão no Brasil e conceitos da antropologia relacionados ao racismo. Com base nas informações coletadas, conclui-se pela legitimidade da política de cotas para a população negra, já que colaboram para a construção de uma sociedade justa e sem preconceitos ou nenhuma forma de discriminação, objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AGÊNCIA IBGE NOTÍCIAS População chega a 205,5 milhões, com menos brancos e mais pardos e pretos. 2017 Disponível em https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-noticias/2012-agencia-de-noticias/noticias/18282-populacao-chega-a-205-5-milhoes-com-menos-brancos-e-mais-pardos-e-pretos Acesso em ago/2019

AGÊNCIA IBGE NOTÍCIAS Síntese de Indicadores Sociais: indicadores apontam aumento da pobreza entre 2016 e 2017. 2018 Disponível em https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/23298-sintese-de-indicadores-sociais-indicadores-apontam-aumento-da-pobreza-entre-2016-e-2017 Acesso em ago/2019

BRANCO, Paulo Gustavo Gonet. Ação afirmativa e direito constitucional. Revista Direito Público – Estudos, Conferências e Notas, n. 1, p. 131-140, jul./ago./set. 2003.

BRASIL. Lei nº 12.288/2010 Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2010/Lei/L12288.htm Acesso em ago/2019

BRASIL. Lei 12711/2012 Disponível em
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/lei/l12711.htm Acesso em ago/2019

BRASIL. Lei 12990/2014 Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2014/lei/l12990.htm
Acesso em ago/2019

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm Acesso em ago/2019

BRASIL. Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. Portaria Normativa nº 4, de 6 de abril de 2018. Disponível em http://www.lex.com.br/legis_27634767_PORTARIA_NORMATIVA_N_4_DE_6_DE_ABRIL_DE_2018.aspx Acesso em ago/2019

CARVALHO, José Murilo de. Cidadania no Brasil: o logo caminho. 14. Ed. Rio
de Janeiro: Civilização Brasileira, 2011.

CNA - Cadastro Nacional de Adoção. Relatórios estatísticos Disponível em http://www.cnj.jus.br/cnanovo/pages/publico/index.jsf Acesso em ago/2019

HESSE, Konrad. A força normativa da Constituição. Sergio Antonio Fabris Editor, 2009.

IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada Reincidência Criminal no Brasil Relatório de Pesquisa Rio de Janeiro, 2015 Disponível em http://www.cnj.jus.br/files/conteudo/destaques/arquivo/2015/07/572bba385357003379ffeb4c9aa1f0d9.pdf Acesso em ago/2019

SANTOS, Aderaldo Pereira. Ação afirmativa e outras questões in XAVIER, Leila da Silva; LACERDA, Luciene da Silva; OLIVEIRA, Luiz Fernandes de (Org.) (Org.). 21 dias de ativismo contra o racismo. Rio de Janeiro: Selo Novo, 2018.

WALTENBERG, Fábio D. e. CARVALHO, Márcia de Cotas aumentam a diversidade dos estudantes sem comprometer o desempenho? CEDE – Centro de Estudos sobre Desigualdade e desenvolvimento. Texto para Discussão No 73 – Março 2013 Disponível em http://www.ie.ufrj.br/images/grupo_cede/publica%C3%A7%C3%B5es/site_antigo/tds/td73_9438c.pdf Acesso em ago/2019
Publicado
2019-10-29
Como Citar
de Mello Carneiro Miranda, S. (2019). Política de cotas para população negra e discriminação reversa. Revista Vianna Sapiens, 10(2), 25. https://doi.org/10.31994/rvs.v10i2.609