A importância do idoso no mercado de trabalho:

uma análise em torno da realidade brasileira

  • Raphaella Neman de Novaes Faculdades Integradas Vianna Júnior
  • Loren Dutra Franco Faculdades Integradas Vianna Júnior
Palavras-chave: IDOSO, MERCADO DE TRABALHO, DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA, ATUAÇÃO, IMPORTÂNCIA

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar a atuação dos idosos no mercado de trabalho, diante do crescente aumento desse grupo etário na população brasileira. Para isso, são correlacionadas questões como o motivo pelo qual os idosos estão procurando se manter no seu trabalho, ou ainda, retornar para esse ambiente laboral, bem como observar se as políticas públicas e privadas, isto é, os incentivos, já vem sendo consolidados. Assim, o referencial teórico aborda os temas acerca dos mencionados itens. Para tanto, os tipos de pesquisas utilizados foram bibliográfica e documental, ao amparo de doutrinas, leis e textos de autores que relatam sobre o tema. Ainda assim, foi realizada uma pesquisa de campo na cidade de Rio das Flores, Rio de Janeiro, tendo como método adotado uma entrevista pessoal realizada com uma idosa de 82 (oitenta e dois) anos, atuante no mercado de trabalho. Concluiu-se, desse modo, pela existência de um avanço em torno do tema discutido, mas também, pela necessidade de se observar, ainda mais, a importância dos idosos, que no futuro, representarão uma parte considerável da população brasileira.

PALAVRAS-CHAVES: IDOSO. DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA. MERCADO DE TRABALHO. ATUAÇÃO. IMPORTÂNCIA.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALEXY, Robert. Teoria de los derechos fundamentales. Madrid: Centro de Estudios Constitucionales, 1993.
ANDRADE, José Carlos Vieira de. Os direitos fundamentais na Constituição portuguesa de 1976. Coimbra: Coimbra, 1998.

BARCELLOS, Ana Paula de. A eficácia jurídica dos princípios constitucionais: o princípio da dignidade da pessoa humana. Rio de Janeiro:Ronovar, 2002.

BOBBIO, Norberto. A Era dos Direitos. Rio de Janeiro: Campos, 2004.
BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: DF: Senado, 1988.
BRASIL. Estatuto do idoso: lei federal nº 10.741, de 01 de outubro de 2003. Brasília, DF: Secretaria Especial dos Direitos Humanos, 2004.

CANOTILHO, José Joaquim Gomes. Direito Constitucional e teoria da Constituição. Coimbra: Almedina, 1997.
CAVALLINI, Marta; LAPORTA, Taís. Idosos ampliam espaço no mercado de trabalho, mas só ¼ tem carteira assinada. 2018. Disponível em: https://g1.globo.com/economia/concursos-e-emprego/noticia/2018/11/18/idosos-ampliam-espaco-no-mercado-de-trabalho-mas-so-14-tem-carteira-assinada.ghtml>. Acesso em: 20 out. 2019.

GERONTOLOGIA, Sociedade Brasileira de Geriatria e. OMS divulga metas apara 2019; desafios impactam vida de idosos. 2019. Disponível em: < https://sbgg.org.br/oms-divulga-metas-para-2019-desafios-impactam-a-vida-de-idosos/>. Acesso em: 19 out. 2019.
KANT, I. A fundamentação da Metafísica dos Costumes. Lisboa, Portugal: Edições 70,
2011.

KANT, Immanuel. Fundamentação da metafísica dos costumes. Portugal, Lisboa: Edições 70, 1986.
LUÑO, Antonio Enrique Pérez. Derechos humanos, Estado de derecho y Constitucion. Madrid: Tecnos, 1999.

MARTINEZ, Gregorio Peces-Barba. Derechos sociales y positivismo jurídico. Madrid: Dykinson, 1999.

MOREIRA, Marli. Economistas defendem inserção de idosos no mercado de trabalho: tendência é população idosa crescer e mão de obra jovem vir a faltar. 2018. Disponível em: < http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2018-11/economistas-defendem-insercao-de-idosos-no-mercado-de-trabalho>. Acesso em: 15 out. 2019.
NOTÍCIAS, Agência IBGE. Idosos indicam caminhos para uma melhor idade. 2019. Disponível em: < https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-noticias/2012-agencia-de-noticias/noticias/24036-idosos-indicam-caminhos-para-uma-melhor-idade>. Acesso em: 18 out. 2019.
NOTÍCIAS, Agência IBGE. Número de idosos cresce 18% em 5 anos e ultrapassa 30 milhões em 2017. 2018. Disponível em: . Acesso em: 18 out. 2019.
ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS. Declaração Universal dos Direitos Humanos. Disponível em: . Acesso em: 05 ago. 2019.
POLETTINI, Márcia Regina Negrisolli Fernandez. Idoso: proteção e discriminação no trabalho.2016.Disponível:. Acesso em: 22 set. 2019.
RAWLS, John. A Theory of Justice. Cambridge: Harvard University Press, 1993.

RAWLS, John. O liberalismo político. Tradução por Dinah de Abreu Azevedo. 2ª ed. São Paulo: Ática, 2000.

RUFINO, Regina Célia Pezzuto. O axioma entre os direitos fundamentais do trabalhador idoso versus a função social do contrato de trabalho – análise dialética sob sua inserção no mercado de trabalho. 2016. Disponível em: . Acesso em: 10 ago. 2019.
SANTOS, S.S.C. Gerontologia à Luz da Complexidadede Edgar Morin. Revista Eletrônicado Mestrado em Educação Ambiental, v. Esp., out, 2004, p.22-35. Disponível em:. Acesso em: 20 set. 2019.
TRIDAPALLI, Elidia. AIDS e seus impactos nas relações de trabalho: Uma discussão doutrinária e jurisprudencial. Editora OAB/SC, 2003.
VALENTE, Jonas. Total de idosos no mercado de trabalho cresce; precariedade aumenta. 2019. Disponível em:< http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2019-05/total-de-idosos-no-mercado-de-trabalho-cresce-precariedade-aumenta>. Acesso em: 15 out. 2019.
Publicado
2020-05-11
Como Citar
Neman de Novaes, R., & Dutra Franco, L. (2020). A importância do idoso no mercado de trabalho:: uma análise em torno da realidade brasileira. Revista Vianna Sapiens, 11(1), 22. https://doi.org/10.31994/rvs.v11i1.626

Most read articles by the same author(s)